burburinho

lucía e o sexo

cinema por Luis Gustavo Claumann

Dirigido por Julio Medem, que três anos antes já tinha sido reconhecido pelo festejado Os Amantes do Círculo Polar, Lucía e o Sexo (Lucía y el Sexo, Espanha-França, 2001) mostra a paixão da garçonete Lúcia (Paz Vega, prêmio Goya de melhor atriz-revelação) pelos textos do escritor Lorenzo (Tristán Ulloa), que nela incitam uma coragem que jamais teve. A moça propõe casamento a este homem sobre o qual nada sabe - e ele aceita. Lúcia passa a morar com Lorenzo e as descobertas são adoráveis, até que, de intenso, o sexo passa a escasso, e o romance acaba. Ela, então, viaja para a ilha pela qual o amado sempre foi apaixonado, Formentera, uma das Baleares.

As paisagens do Mediterrâneo contrastam com as descobertas sobre as coincidências entre as pessoas com que ela e Lorenzo já se relacionaram, como Carlos (Daniel Freire) e Elena (Najwa Nimri), também marcados por uma ausência, a da filha morta. A mistura constante de recordações e sentimentos, num ritmo ora frenético ora melancólico, aponta até para a possibilidade da redenção para cada personagem - oferecendo ao filme tons distintos durante o desenrolar da trama, que pode soar complicada ou mesmo sem sentido para os menos atentos, já que as descobertas também são reveladas aos poucos para quem assiste. Contudo, todas as peças se encaixam, num perfeito e surpreendente quebra-cabeças. A aparente falta de continuidade também se justifica, já que é nela que reside boa parte do charme da película.

Repleto de metáforas, o filme pode incomodar os mais puritanos pelo excesso de cenas de sexo, algumas beirando o limite do explícito, ainda que não gratuito. No extremo oposto, a fotografia (de Kiko de la Rica) é deslumbrante. Já na primeira cena o espectador é brindado com um oceano azul claríssimo que ambientará o acaso que, sob a lua cheia, será o responsável por todas as histórias do filme. Apaixonado, erótico e intenso, Lucía e o Sexo se aproveita de boa parte dos estereótipos latinos. E o faz com maestria.


pensamentos despenteados para dias de vendaval
Copyright © 2001-2005 Nemo Nox. Todos os direitos reservados.