burburinho

sgt. pepper's lonely hearts club band

música por Nemo Nox

Em 1967, os Beatles lançaram seu mais ambicioso trabalho, que marcaria não só sua carreira mas todo o panorama da música pop e da cultura daquela década. Apesar de ser uma extensão natural de seu disco anterior, Revolver, este novo álbum trazia uma coleção de conceitos inéditos. Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band é até hoje um monumento à inovação e ao espírito revolucionário dos anos sessenta.

Conta a lenda que tudo teria começado a partir da música Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band, composta por um Paul McCartney inspirado na moda vitoriana que parecia renascer na Inglaterra naquele momento. Veio então a idéia de fazer um disco com os Beatles no papel da imaginária banda do Sargento Pimenta, compondo e tocando como se tal grupo realmente existisse.

A idéia de colocar Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band no mesmo nível de ícones culturais já vem na capa do disco, onde os Beatles, travestidos de membros da banda do Sargento Pimenta, aparecem ao lado de gente como Marlon Brando e Edgar Allan Poe, Bob Dylan e W.C. Fields, e também os próprios Beatles.

Navegando num oceano de criatividade alimentado por rios de LSD, os Beatles não pouparam em inventividade. Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band misturou rock com música tradicional indiana, baladas populares com temas da renascença, e, é claro, muito psicodelismo. Pela primeira vez, um álbum pop não trazia divisão entre as faixas, fazendo com que as canções se amalgamassem numa só e se interligassem com sons obscuros obtidos através uma rede de gravadores interconectados. Pela primeira vez também um álbum pop trazia um libreto com todas as letras das músicas, algo que tentava aproximar a obra à seriedade das óperas clássicas.

Se havia inovação sonora, as letras não ficavam atrás. Quem diria que os ingênuos rapazes autores de versos como "love me do, you know I love you" e "I want to hold your hand" escreveriam canções como a alucinógena Lucy in the Sky With Diamonds (Picture yourself in a boat on a river / With tangerine trees and marmalade skies / Somebody calls you, you answer quite slowly, / A girl with kaleidoscope eyes. / Cellophane flowers of yellow and green, / Towering over your head...) ou a amarga A Day in the Life (I saw the photograph. / He blew his mind out in a car / He didin't notice that the lights had changed)?

Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band é ainda hoje, mais de trinta anos depois de seu lançamento, uma obra indispensável em qualquer discoteca. Mesmo que você não consiga ouvir a nota de vinte mil hertz, perceptível apenas por cães, com que o disco termina.


pensamentos despenteados para dias de vendaval
Copyright © 2001-2005 Nemo Nox. Todos os direitos reservados.