burburinho

sinfonia fantástica

música por Nemo Nox

Em 1827, quando ainda era somente um promissor músico de 24 anos, Hector Berlioz foi ao Théâtre de l'Odéon, em Paris, para assistir a uma encenação de Hamlet. Apaixonou-se não só pelo trabalho de Shakespeare, mas também pela atriz irlandesa que interpretava Ofélia, Harriet Smithson. Como ele mesmo descreveu, numa carta a um amigo, era uma paixão avassaladora, um delírio que tomava conta de suas faculdades mentais, deixando-o incapaz de fazer qualquer coisa. Berlioz acabou canalizando esse misto de amor e fúria para a sua arte, compondo a magnífica Sinfonia Fantástica.

Mais próxima de um poema sinfônico que de uma sinfonia tradicional, a Fantástica é um exemplo completo de música de programa: evocações sonoras contando ou ilustrando uma história. O primeiro movimento, Devaneios, Paixões, apresenta um jovem músico apaixonado para quem a amada evoca um tema musical (chamado por ele de idée fixe, uma idéia semelhante ao leitmotiv de Wagner). Seu amor, porém, não é correspondido, o que cria a tensão dramática da obra.

No segundo movimento, Um Baile, o rapaz vê a sua amada dançando com outros homens numa festa. O terceiro movimento, Nos Campos, é uma metáfora pastoral (influência da sexta sinfonia de Beethoven?) na qual o clima espelha os sentimentos do protagonista, inicialmente confiante que poderá conquistar a amada. Mas a tempestade aproxima-se como um mau augúrio. A Marcha para o Cadafalso passa-se num mundo onírico. O jovem cede ao desespero e entrega-se ao ópio. Em seus sonhos drogados, ele mata a amada, é julgado e condenado, e marcha agora para o cadafalso. A conclusão do pesadelo, e da sinfonia, é o Sonho de Uma Noite de Sabath, onde, já morto, o jovem encontra-se cercado de bruxas e fantasmas, que dançam com a sua amada.

A Sinfonia Fantástica foi apresentada ao público pela primeira vez no dia 5 de dezembro de 1830, em Paris. Três anos depois, coroando uma longa campanha de conquista e após uma tentativa de suicídio, Berlioz casou-se com Harriet Smithson, a atriz que durante todo este tempo havia sido sua musa inspiradora.


pensamentos despenteados para dias de vendaval
Copyright © 2001-2005 Nemo Nox. Todos os direitos reservados.