burburinho

fats waller

música por Nemo Nox

Compositor, pianista, cantor, mas acima de tudo um enterteiner, Thomas "Fats" Waller (1904-1943) garantiu seu lugar na história da música não somente por seu humor contagiante. O gordinho Waller foi sem dúvida um dos mais importantes pianistas do jazz de todos os tempos, tendo influenciado a obra de grandes nomes como Art Tatum e Count Basie.

Fats familiarizou-se com os teclados ainda criança, tocando órgão na igreja de seu pai, que era pastor protestante em New York. Depois tocou piano em cinemas, acompanhando filmes mudos. E freqüentou assiduamente as festas do Harlem, onde se exibia ao piano ao mesmo tempo que aprimorava seu estilo. Aos dezoito anos já era um músico experiente, com disco gravado, e contava com a amizade e os ensinamentos de James Price Johnson, de quem aprendeu a arte do stride, que se tornou sua marca registrada.

Stride é um estilo de tocar piano no qual a mão esquerda faz uma nota grave nas batidas ímpares do compasso e um acorde completo nas batidas pares. Fats Waller dominou esta técnica e acrescentou-lhe inúmeras variantes.

Graças a uma série de exibições radiofônicas, Fats ficou razoavelmente famoso ainda jovem, não somente como músico mas também como personagem. O fato de devorar bifes enormes, beber muito e andar muitas vezes acompanhado de prostitutas contribuía para a cristalização da figura excêntrica, quase marginal. Mas os músicos da época não se deixavam enganar pelos rótulos e viam em Fats um jazzista excepcional. Com ele tocaram Louis Armstrong, Fletcher Henderson e Tommy Dorsey. Suas apresentações estavam sempre lotadas, todos queriam ver e ouvir o gordo divertido que revirava os olhos ao cantar e fazia o piano soar como ninguém mais conseguia fazer. E Fats também foi muito atuante na indústria fonográfica, tendo gravado mais de setecentos discos.

Como não gostava muito de cantar mas era obrigado por contrato a interpretar vez por outra os sucessos do momento, Fats aproveitava para fazer gozações com as letras ou com o estilo brega dos ídolos populares. Esse humor irreverente, em vez de criar inimigos, abriu-lhe muitas portas, inclusive as de Hollywood, onde participou do filme Stormy Weather com outros músicos de sucesso, como Benny carter e Zutty Singleton.

Como compositor, Fats Waller também distinguiu-se, e muitas de suas canções são ainda hoje tocadas como clássicos, entre elas Honeysuckle Rose, Ain't Misbehaving, Alligator Crawl, Jitterbug Waltz, e várias outras.

Aos 39 anos, num trem para New York, os excessos levaram a melhor e Fats Weller sofreu um ataque cardíaco fulminante. Apesar da curta carreira, porém, seu nome já havia entrado para a história do jazz.


pensamentos despenteados para dias de vendaval
Copyright © 2001-2005 Nemo Nox. Todos os direitos reservados.