burburinho

the shipping news

cinema por Nemo Nox

Quoyle tem um trauma de infância: seu pai o jogou no lago para que aprendesse a nadar e ele quase se afogou. Sua filha também tem um problema semelhante, sentindo-se inadequada graças à insistência da mãe em chamá-la de chata. A tia é mais uma com um drama no passado, tendo sido violentada pelo meio-irmão. Assim são todos os personagens de The Shipping News (EUA, 2001), atormentados com algo que já aconteceu e não pode ser mudado, tentando se encaixar num mundo que parece planejado para trazer sempre à tona seus pesadelos.

Para transformar em filme esta história da premiada Annie Proulx (o romance The Shipping News conquistou o Pulitzer Prize, o Chicago Tribune Heartland Prize e o National Book Award, entre outros), o também celebrado diretor Lasse Hallström (com indicações ao Oscar, ao Goya, ao Leão de Veneza, ao Urso de Berlim, entre outros) reuniu um elenco igualmente reconhecido no que diz respeito a Oscars. Kevin Spacey (melhor ator por American Beauty, melhor coadjuvante por The Usual Suspects) é Quoyle. Julianne Moore (indicada como melhor atriz por The End of the Affair e como melhor coadjuvante por Boogie Nights) é Wavey, seu par estranhamente romântico. Cate Blanchett (indicada como melhor atriz por Elizabeth) é sua ex-esposa Petal. Judi Dench (melhor coadjuvante por Shakespeare in Love) é a tia Agnis. Completando a receita, temos ainda o roteirista Robert Nelson Jacobs (indicado ao Oscar por Chocolat, outro filme de Hallström), o diretor de arte David Gropman (indicado ao Oscar por The Cider House Rules, mais um filme de Hallström), o editor Andrew Mondshein (indicado ao Oscar por The Sixth Sense) e o produtor Irwin Winkler (indicado ao Oscar por Goodfellas, The Right Stuff e Raging Bull, depois de já ter ganho uma estatueta por Rocky).

The Shipping News conta uma história simples sobre gente simples, polvilhada de anedotas cotidianas e fantasmas do passado. Em muitos momentos, o inusitado (casas que voam, mortos que acordam) e o possível sobrenatural (espíritos na noite, premonições) fazem lembrar o realismo mágico de autores sul-americanos como Gabriel Garcia Marquez e Julio Cortázar, apesar das paisagens gélidas. No geral, porém, o filme se baseia muito mais no banal cotidiano, com frases bobas como "tea is a good drink, it keeps you going" ganhando significados novos.

A viagem de Quoyle para um dos cantos mais frios do Canadá, terra natal de sua família, é uma forma de enfrentar no plano histórico o mesmo tipo de problemas que os personagens apresentam no plano individual. Seus antepassados foram piratas e saqueadores, e ele acredita que isso possa ter influência no que sua família é hoje. É só enfrentando a situação in loco que Quoyle acaba percebendo que traumas do passado (afogamentos, estupros, mentiras, saques) não determinam o que fazemos no presente. Claro que o insight surge lenta e sutilmente, e é isto que forma a história de The Shipping News: a descoberta de que tudo o que podemos almejar é fazer o melhor possível com o que está disponível.


pensamentos despenteados para dias de vendaval
Copyright © 2001-2005 Nemo Nox. Todos os direitos reservados.