burburinho

conversa com peter bagge

entrevista por Nemo Nox

Lançado há pouco tempo no Brasil pela Via Lettera, o livro Ódio (Hate) conta em quadrinhos as aventuras de Buddy Bradley, anti-herói underground. O autor, o estadunidense Peter Bagge, é quase um ícone da geração grunge.

Burburinho - Você estava na New York do punk e do new-wave, e depois na Seattle do grunge. Alguma ligação entre os seus quadrinhos e esses movimentos musicais ou só uma coincidência?
Peter - Acho que é coincidência. Nunca estive envolvido com esses movimentos, pois não sou músico e nem vou muito a clubes (não gosto de fumaça de cigarro). Mas fui fã da música new wave e também um pouco do grunge, e conheci muita gente que estava envolvida. O fenômeno pop em geral me fascina.

Burburinho - Você vê o seu personagem Buddy Bradley como um representante do movimento grunge?
Peter - Não intencionalmente. Tanto ele como Hate ficaram associados ao grunge, mas não seria uma boa forma de classificar o personagem ou os meus quadrinhos.

Burburinho - Quanto de você existe no Buddy Bradley?
Peter - Ele é autobiográfico no que diz respeito a pensamentos e opiniões, e sua vida é de certa forma paralela à minha. Mas gosto de pensar que sou mais feliz e mais ajustado que ele!

Burburinho - Você fez o Buddy Bradley um anti-herói de propósito ou foi uma conseqüência natural da sua idéia inicial?
Peter - Acho que as duas coisas.

Burburinho - Quando veremos o Buddy Bradley no cinema ou na televisão?
Peter - Neste momento ninguém parece interessado em adaptar a história, mas espero que isso mude.

Burburinho - Você trabalhou com o Roger Crumb. Ele foi uma grande influência no seu trabalho? E os irmãos Hernandez?
Peter - Robert Crumb teve mais influência sobre mim que qualquer outro artista. Ele é o meu cartunista preferido de todos os tempos. Os irmãos Hernandez tiveram menos influência, mas admiro muito o trabalho deles. Eles são muito bons!

Burburinho - Que quadrinhos você lê hoje?
Peter - Qualquer coisa do Crumb ou dos irmãos Hernandez! E Eightball, do Dan Clowes, que é o melhor título publicado atualmente. Angry Youth Comics, do Johnny Ryan, é ótimo entre os novos. Também gosto de muita coisa publicada pela Fantagraphics ou pela Drawn & Quarterly.

Burburinho - É verdade que você é fã da Britney Spears?
Peter - Ela é boa. Gosto de algumas músicas, não de todas. Gosto da voz dela.

Burburinho - O que mais você ouve?
Peter - Continuo ouvindo a música da minha juventude, o pop e rock do fim dos anos 60 e início dos anos 70. Mas gosto de muitas bandas pop de hoje. Os Sugababes, da Grã-Bretanha, são muito bons. Também adoro o cd novo dos A-Teens.

Burburinho - O que houve com o seu projeto para a editora DC?
Peter - Se chamava Yeah!, eram quadrinhos para crianças sobre uma banda de rock formada só por meninas. Eu escrevi e o Gilbert Hernandez desenhou. A série foi cancelada porque vendia pouco, mas pode ainda ser adaptada para televisão.

Burburinho - Em que você está trabalhando agora?
Peter - Estou escrevendo e desenhando uma edição especial do Homem-Aranha para a Marvel! Também estou fazendo uma edição por ano de Hate e muito trabalho free-lance para vários websites e revistas. No meu site sempre estão as novidades.


pensamentos despenteados para dias de vendaval
Copyright © 2001-2005 Nemo Nox. Todos os direitos reservados.